Combo 3 em 1

Parte da série: Pontos turísticos de Toronto e redondezas

No início de julho, tivemos um fim de semana prolongado em celebração ao dia do Canadá, 1 de julho. Clima extremamente favorável para passeios, picnics, caminhada e tudo mais que se puder fazer do lado de fora das quatro paredes. E assim fizemos e não perdemos um minutinho sequer, começando na quinta-feira final da tarde – pré-feriado.

Quinta-feira, 30 junho – Parquinho

Esse não é exatamente um ponto turístico da cidade, mas a fofurice da Manuela é tanta que resolvi incluir no post e deixar uma diquinha… Por quê não?!? Rsrs.

Toronto, Mississauga e as demais cidades da GTA são recheadas de parques. Alguns apenas com um gramado e árvores para você se sentar e relaxar, outros com brinquedos de parque para crianças (balanço, escorregador, etc), outros com o tal do “splash pad” (não sei a melhor tradução, mas a ideia é uma área com vários tubos por onde sai água para as crianças se refrescarem), outros com trilhas  para caminhadas e pedaladas. Enfim, você não precisa gastar nem um tostão para se divertir, se esse for o problema.

Aqui você acha os parques de Toronto e aqui os parques de Mississauga.

Sexta-feira, 1 julho – Canada Day – Downey’s Farm

Fomos convidados pela nossa querida amiga Adriana para passar o dia com ela e sua turma na fazenda. É uma fazendo de verdade, para aqueles que acham que não existe fazendas no Canadá por causa do frio. Tem plantações, bichos, flores e barro. Mas o povo aqui é bem criativo e esperto e abre as portas das fazendas para o público na época das colheitas (maio a setembro). Cada fazenda tem sua especialidade, essa que fomos por exemplo, se colhe morangos e framboesas em julho, maçãs em agosto e abóboras em setembro.

Eles geralmente oferecem diferentes brinquedos para as crianças. Veja alguns deles nas fotos abaixo. Desculpe-me pelo grande número de fotos, mas foi difícil selecionar…rs.

Além disso, proporcionam a oportunidade das crianças terem contato direto com os animais. Havia um mini curral com vários tipos de bichos lá e muitos deles ficam soltos, andando entre os turistas curiosos. Pra mim, duas coisas me fizeram rir muito: uma placa que dizia assim:

“Esses são animais de verdade. Eles podem morder.
Tente não se mostrar muito apetitoso.”

e a outra coisa foi presenciar o estresse de uma galinha tentando fugir de uns meninos pentelhos. A criançada daqui não tem costume de ver galinhas vivas, então ficam altamente empolgadas quando encontram com uma… Pobre galinha…rsrsrs.

Difícil dizer do que a Manuela mais gostou: se dos brinquedos, dos morangos ou dos bichinhos, ou é claro, da presença da amiguinha Amy.

 

Sábado, 2 julho – Lakeside Park

O sábado foi mais relax, pois como a temperatura estava super agradável mas não o suficiente para irmos pra água, (piscina, lago, mangueira ou qualquer outra coisa que tenha água) resolvemos ir para um parque perto de casa. Como falei acima, o Canadá é cheio de parques. Fomos no Lakeside Park que como o próprio nome diz, fica às margens do Lago Ontário. Fizemos um picnic style e enquanto as crianças brincavam na areia/parquinho/splash pad, nós adultos estávamos curtindo preguiça debaixo da sombra de uma bela árvore. Bem, na verdade, os momentos de ficar curtindo preguiça debaixo da árvore foram raros porque tínhamos no total 3 crianças abaixo de 3 anos, então, você já imagina que não foi assim tããão relax….rsrs. Enquanto um sobe num brinquedo muito alto, o outro come areia e o outro…. Cadê o outro?!? …rsrs.

 

Domingo, 3 de julho – Bronte Creek Provincial Park (piscina)

Acordamos com muitos planos de lugares para ir, mas  sem nada concreto. Brincando com Manuela no jardim, percebi que o dia estava lindo e o clima perfeito pra piscina. Bora nadar! Arrumamos nossa malinha, que aliás, tem ficado semi-pronta nesses dias de verão, e partiu piscina! Convidamos mais uma vez a Adriana e família e eles se juntarem à nós algumas horas depois que já havíamos chegado no lugar. Esse piscina fica no Bronte Creek Park em Oakville. É sem dúvida, uma das maiores piscinas que já vi. Como toda boa água canadense, a água é ge-la-da. Não tem como ser diferente, não dá tempo da água esquentar considerando que ela ela estava congelada até pouco tempo atrás. Enfim, o jeito é se enfiar de cabeça e tremer todinha. Ou então você quase nunca vai entrar nas águas naturais daqui.

Esse parque também tem uma área de camping e uma mini fazenda. Ainda não conhecemos essas duas atividades que eles proporcionam aos visitantes.

O valor é bem acessível, principalmente para uma família grande. $17 por carro e $3,25 para adultos. Eles possuem uma lanchonete lá com fast food, que é gostoso e não é caro. Se você quiser levar seu lanche, more than welcome. E se quiser fazer seu ‘churras’, é só ir pra área reservada para tal.

Como pode ver, a gente adora explorar nossos arredores e no verão, não paramos quietos em casa nem um fim de semana. Curtição do início ao fim!

Esta entrada foi publicada em Coisas que gosto de fazer, Diversão, Mississauga, Parques. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s