Punta Cana – República Dominicana

Depois da aventura das malas, chegamos em Punta Cana e com tantas malas (10 no total para 6 pessoas) que o povo deve ter pensado que estávamos nos mudando para lá.

Já havia um tempo que queria levar meus pais em uma viagem all-inclusive no caribe e finalmente desta vez conseguimos ir e ainda tivemos meus queridos tios juntos também J. Foi uma semana de muito papo, descanso, comida e passeio pela ilha.

Mamae Canada 20142

Punta Cana é um destino bastante popular aqui no Canada e tem uma estrutura bem grande de resorts para todos os gostos. Mais uma vez ficamos hospedados na rede Grand Bahia Principe e não temos do que reclamar. Como já ficamos hospedados nesta rede em uma viagem ao México, recebemos um pequeno upgrade na hora do check-in que nos dava direito a algumas regalias como cama king size, 1 restaurante a-la-carte extra e alguns brindes, fora uma localização privilegiada no complexo.

Assim como o resort na Riviera Maia, o Grand Bahia Principe de Punta Cana é super grande e dentro do complexo são 4 resorts da rede. Na semana que ficamos hospedados, tinham aproximadamente 6.200 hospedes e uns 4.000 funcionários, então vocês imaginam o tamanho da estrutura. O bacana é que em nenhum momento temos a sensação de que o resort está lotado (ate porque não estava), sempre encontrávamos mesas nos buffets, cadeira na praia e não enfrentamos nenhuma fila para nada. Como sempre, fomos super bem atendidos e meu pai adorou poder conversar em portunhol com o pessoal do hotel.

Mamae Canada 20141

Em relação à praia, o mar tem aquela cor muito bonita, mas o mar de Cuba ainda continua sendo meu favorito. A praia era enorme e com espaço suficiente para ter redes de vôlei, atividades animadas e muita gente caminhando sem tumulto.

Mamae Canada 2014

Não fizemos nenhum dos passeios mais famosos (Ilha Saona, mergulhos e golfinhos), optamos por um passeio que ia parando em varias cidadezinhas para conhecer um pouco da cultura da República Dominicana. Visitamos o lado bem pobre do país e também seu lado próspero. Fomos a um projeto infantil que proporciona educação para imigrantes ilegais do Haiti (País que divide a mesma ilha com a República Dominicana), visitamos também os Altos de Chavón, uma réplica de uma vila mediterrânea (pura ostentação para os padrões locais) e vimos a vida simples do interior do pais nas cidades de Higuey e El Seibo. Almoçamos em San Pedro De Macoris e paramos para algumas compras de souvenires na cidade de La Romana. No geral, nada muito diferente ao que os Brasileiros estão acostumados. O nosso grupo para o passeio era de sua maioria Alemã e eles pareciam estar em outro mundo com o modo de vida dos Dominicanos. Tudo bem diferente e curioso para eles.

Mamae Canada 20143

 

Mamae Canada 20145

 

Mamae Canada 20144

Mamae Canada 20146

Esta entrada foi publicada em Familia, Viagens. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s