Novembro

Virando a folhinha do calendário para novembro, descobri duas coisas: 1 – que a foto que aparece impressa no mês de novembro são árvores cobertas de neve, o que mostra o que vem por aí ainda neste mês; 2 – que já posso dizer que estarei no Brasil mês que vem! Eu e o Cris estamos animadíssimos com nossas duas semanas de família, amigos, sol, praia, papos até amanhecer, risadas, abraços, etc…
Enquanto isso, estamos firmes no propósito de perdermos alguns quilinhos e ficar menos rechunchudos – academia 3 a 4 vezes por semana suando por todos os poros.

Falando sobre Halloween, já deixamos bem claros nossa posição quanto a celebração dessa festa das bruxas, mas gostaria de destacar uma tradição norte-americana que seria bem interessante se não fosse celebrada no mesmo dia. As crianças se vestem em fantasias (de todo tipo, vale bichinhos, personagens, etc) e passam nas casas da vizinhança pedindo balas e chocolates. Pelos relatos que ouvi de colegas de trabalho, as crianças se divertem e os pais também aproveitam para fazerem um estoque de bombons🙂. De onde surgiu essa tradição eu não sei, mas ela me parece inofensiva, porém nao participamos, afinal, as pessoas acabam misturando tudo e de repente aparece uma criancinha vestida de rabos e chifrinho na porta de sua casa te pedindo alguma coisa – sinto muito, o diabo não ganha nada de mim, nem quando vem como “lobo em pele de cordeiro”. Parece radicalismo, mas é assim que essas coisas devem ser. Preto no branco; sim, sim; não, não.

Depois volto aqui para contar sobre minha hortinha e também das “figurinhas” da academia de ginástica…

Esta entrada foi publicada em Brasil. ligação permanente.

2 respostas a Novembro

  1. Cesar diz:

    Hoje tivemos um pózinho de neve pra começar a entrar no inverno. Uma super viagem pra vocês e aproveitem bastante.

    E a vida segue…

  2. Matheus diz:

    O halloween vem de tradiçoes Celtas (antigos povos do Reino Unido) onde nesse dia (31 de outubro) eles acreditavam que os portais que dividem a vida e a morte se abriam e vinham os mortos. Pessoas boas e ruins. E as ruins eles a assustavam vestindo roupas de monstros e tal. Mas o Diabo (que muitas crianças vestem) eles nao se fantasiavam pois nem acreditar neles eles acreditavam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s